domingo, 14 de abril de 2013

Perspectivas

— Estar vivo é uma dor constante. Nada faz sentido.
— É tão curioso estar vivo e ter consciência disso. Viver num planeta repleto de vida em meio a um Universo infindável, quem diria!
— As pessoas são tão idiotas, me contento em ignorá-las.
— As pessoas são tão interessantes. Gosto de observá-las.
— Deuses nunca existiram. É tudo uma grande mentira.
— Deus — eis aí algo a se pensar!
— As mulheres são todas umas vadias mentirosas.
— Sempre preferi estar entre as mulheres do que entre homens. Elas são tão amáveis, cheirosas e vaidosas com seus cabelos compridos e bonitos.
— Satisfaço meu instinto com sites pornôs. Ontem me masturbei a noite inteira. Gozei no teclado. Sujou tudo.
— Adoro sexo e o prazer recíproco que proporciona. Ontem fiz minha amada gozar. Depois gozei em sua boquinha. Ela engoliu tudo.
— Tenho muitas ideias geniais, mas para que perder tempo desenvolvendo-as? Não preciso da aprovação do mundo.
— Ao contrário do que acontece com dinheiro, quanto mais ideias se gasta mais ideias se tem: com a prática a criatividade só tem a aumentar.
— Tenho preguiça de me alimentar. Sabe o que mais consumo? Miojo. Dá menos trabalho para preparar e comer. Além de ser uma bela metáfora para a vida: uma constante gororoba insossa em que insistirmos adicionar algum temperinho a fim de disfarçar sua mediocridade.
— Minha comida favorita é pizza. É também uma bela metáfora para a vida: essencialmente é sempre a mesma coisa na base, mas também é sempre diferente. Sobre sua massa pode-se adicionar bacon, frango, ervilhas, catupiry, sonhos, calabresa, palmito, esperanças e tudo mais que se imaginar. Há infinitas combinações possíveis.
— Já sei de tudo que preciso. Vou aproveitar o ócio para descansar e ficar com a boca escancarada cheia de dentes esperando a morte chegar.
— Nascemos justamente na era do conhecimento. Nunca tudo esteve tão acessível e o desenvolvimento científico jamais foi tão rápido. Quero aprender muito sobre tudo — e continuar meu aprimoramento intelectual até o ultimo dia em que viver, mesmo sabendo que de qualquer forma nada saberei.

Nenhum comentário:

Postar um comentário